sábado, 29 de dezembro de 2007

Volto logo


O dália se ausentarar por uns dias, irei sair de
férias de encontro ao mundo, desejo á todos um
ótimo Ano novo, com várias conquistas e vitórais!
Espero encontrá-los novamente aqui em breve,
aff já estou sentindo saudades,
um beijo doce á todos e claro muitas flores!!

P.s: Responderei aos memes assim que eu voltar!
Visitantes fiquem á vontade, quando eu retornar eu os encontro.
Beijo Grande!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Talvez a dor persista
Meu coração não entenda
Talvez a lágrima caia e
voe sobre os montes


Ah, como eu queria
ver de novo seu sorriso
sentir o toque de sua mão
receber seus abraços apertados
e talvez ouvir sua voz suave


De repente nada existe
o mundo encolheu-se
o sol está mais fraco e a
lua embaçada



Sobreviver a isto é difícil
Somente por Ti
Somente Ti




O Dália está de luto, pois uma linda flor se foi
e deixou no ar seu perfume, sua luz, sua alegria
partiu deixando muitas saudades.


Muito obrigada Vó Mariinha pelo amor dedicado á todos,
até aos seus netos de coração, fique com Deus!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

O encontro Marcado...





Num misto de ansiedade ela se preparava
para aquele momento, abusou de um decote
daqueles que valoriza o colo, se ornamentou
das mais finas jóias, cobriu sua pele macia
com óleos perfumados, calçou os sapatos,
tirou da caixa suas luvas longas e
apressou-se para o salão principal,
seus passos eram curtos e apressados,
sua mão aparentava-se fria e pegajosa ,
o sangue já escapava querendo fugir
á todo instante, seus lábios finos se cobria
de um sorriso raso, seus olhos se esvairava
a cada momento que se aproximava do salão,
recebida por um fino garçom,
sentou-se em ponto estratégico,
onde vários olhares a foi lançada tamanho
seu glamour, a noite caia a taça se enchia,
o cigarro se apagou, sua expectativa se dissipava,
um desapontamento tomou espaço naquele lugar,
Ele de novo Ele, as luzes já não irradiava e a
constrangia, os aromas das iguarias nauseou
seu ser e a levou a realidade.
A luz se ofuscou e a noite rendeu-se, seus pés
já se anestesiara, seu ego dissipado á levou
de volta a seu quarto solitário.

Ps: Talvez ele tenha um bom motivo,
clic no ele e saberá.


Ela por mim, e ele por Cackau Loureiro.
Num encontro de brincadeiras e casos para contar.

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Ser Feliz


Ser feliz


...acordar e ter que trabalhar...

...ver a caixa do correio cheia...

...ter um monte de recado na secretária eletrônica...

... mais no meio deles um que diz:

“Estou morrendo de saudade de você”!


...ver que no almoço a cozinheira fez uma salada de jiló...

...mais o prato principal está apetitoso e é o seu favorito!


...estar num trânsito terrível...

...mais ligar o rádio e ouvir sua música predileta tocando

lembrando de alguém especial!!


...brigar com cachorro porque ele comeu seu sapato,

...mais ser recebida por ele com festa,

todos os dias quando chega em casa


Ser feliz é...

...chegar em casa exausta (a)...

...ter um monte de problemas...

...mas ser capaz de sorrir com as pequenas coisas do dia-a-dia!


Ser feliz é...

...reconhecer que temos pessoas especiais ao nosso lado,

mesmo estando a quilômetros de distância.



Ser feliz é...


...saber que, mesmo estando sozinho (a),

há um DEUS que nunca nos desampara e

está sempre pronto para nos ouvir.


Ser feliz é...

...ter a amizade de alguém, assim tipo você!!!


P.s: Recebi da Cristina minha colega da faculdade este e-mail,
e é o que eu desejo aos amigos virtuais e os reais!

Uma ótima quarta-feira á todos!!!!


sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

A ilha deserta



Fui desafiada pela minha amiga Carol do
Gotas Diária de sentimento.

Proposta:

Você vai passar exatamente um ano em uma ilha deserta,
onde existe uma certa infra-estrutura, mas ela é limitada.
Além de você não haverá mais ninguém na ilha,
mas você terá acesso a alguns privilégios limitados.
Com isso em mente, seguem as perguntas:

1. Na ilha você terá água à vontade e frutas nativas.
Se souber pescar, com sorte vai poder comer um
peixe de vez em quando. Fora isso, você terá que
escolher apenas um tipo de comida salgada
e um tipo de comida doce para comer todos os dias,
o ano inteiro (podem ser cruas ou cozidas). Quais você escolhe?

Resposta: macarronada (com qualquer molho,
sou louca por molhos) e arroz doce.


2. Além da água (e, também com sorte, água de côco
se você estiver disposto(a) a subir no coqueiro)
não há nenhuma outra bebida na ilha, mas você
pode também escolher um único tipo de bebida,
fria ou quente, alcoólica ou não, para ter à sua
disposição ao longo do ano. Qual você escolhe?

Resposta: suco de caju

3. Para manter a tradição, você pode também
levar um único livro. Que livro você leva?

Resposta: Hum, Um dia daqueles.

4. Igualmente, você poderá levar um único
filme para assistir. Que filme você leva?

Resposta:Meu nome é Radio.

5. Você terá um notebook à sua disposição,
mas com um único programa instalado.
Mas você não pode usar um programa de
comunicação (como email ou mensagens instantâneas).
Qual programa teria mais utilidade para você e por que?

Resposta: Word, anotar tudo, pra não esquecer nenhum detalhe.

6. Você poderá acessar a internet, mas este acesso
é limitado a um único site, o ano todo.
(Se você escolher o Google, por exemplo, não poderá
navegar para os links dos resultados da sua busca,
que estão fora do Google). Também não pode ser seu
webmail, Meebo e afins ou sites de notícias
(o que elimina os portais). Fora isso, não há restrição
nenhuma ao tipo de site, inclusive os que permitem
comunicação de outros tipos. A qual site você quer
ter acesso por um ano e por que?

Resposta: Então, seria o Orkut, ler os recados e matar as saudades.

7. Você também poderá ouvir música.
Mas, claro, você terá que ouvir a mesma música
o ano todo, pois só pode escolher uma.
Qual você leva? E se fosse um CD?

Resposta: I say a little prayer for you de Diana King,
e levaria o cd do Djavan

8. Você poderá escolher um dia do ano para
fazer uma única ligação para uma única pessoa,
com quem poderá falar por 10 minutos.
Para quem você vai ligar, quando e por que?

Resposta: Tantas paixões, mais ligaria para o Léo no dia
15 de julho, ele saberá por quê
.

9. Você poderá escolher um programa de TV para assistir
ao longo deste ano na ilha - limitado à freqüência de
uma vez por semana. Você só não poderá assistir nenhum
tipo de noticiário, fora isso não há restrições.
Que programa você quer assistir?

Resposta: Programa do Jô Soares

10. Quando for seu aniversário, você terá direito
a receber uma carta de um(a) amigo(a) ou familiar
que tenha uma novidade para contar
(sobre si próprio ou não). De quem você gostaria
de receber a carta e com qual notícia?

Resposta: Da Susu (minha mãe) , se não ela morreria ou
me mataria, eu ia querer saber de todos, ela é ótima em detalhes.


11. Como não queremos que você transforme uma bola de
vôlei no seu melhor amigo imaginário e a única pessoa
na ilha será você, você terá direito a levar um animal de
estimação para lhe fazer companhia
(veja como estou facilitando sua vida!).
Que tipo de animal você escolhe e por que?
É um animal que você já tenha?

Resposta: Romeu arrume as malas, meu vira-lata nota 10.

12. Do que você acha que sentirá mais falta? (Contato com as pessoas?
Tecnologia? Não saber o que está acontecendo no mundo? Etc…)

Resposta: Da minha cama, calma brincadeirinha,
do contanto com as pessoas.(Olha o ato falho)


13. Por outro lado, o que você acha que será positivo,
proveitoso ou benéfico na experiência? Ou divertido?


Resposta: Conhecer melhor meus limites e
valorizar mais minha companhia.


14. Por fim, você tem direito a levar 3 outros itens à sua escolha que:
a) não entrem em contradição com nenhuma das
perguntas anteriores
b) não seja algo que você vá usar para sair da ilha,
como um barco, por exemplo.O que você vai levar e por que?

Resposta: Uau, uma foto que tivesse pessoas que amo,
creme para o cabelo ( se não ninguém iria me reconhecer
quando eu voltasse), e claro
uma câmera digital pra deixar registrado
no dália
os momentos mais incríveis.


Agora meus 5 indicados para participar dessa
intrigante brincadeira (MEME) são:


Bia

cackau

Mari

Janaina

Cel França

Boa aventura meninas!!!!



quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Quanta amizade!!!!

Estou até um pouco envaidecida com os mimos
que tenho recebido, não por ter mais um selo
e sim por ser lembrada por pessoas tão queridas
e essencias do meu jardim.
E vamos para os selos:

[seloelite.jpg]

Este selo me foi passado pelo Capitão Nascimento e
reforçado pelo detetive Addam do
blog Mulher é tudo bandida, valeu meninos!!!

[mulher+que+faz+pensar.jpg]

A Cel França do blog Palavras que não querem
calar, e cackau do Café com creme me
presentearam com este prêmio, valeu!

[SELO.gif]


E por fim a minha mais nova amiga virtual
a Bia, me ofereceu gentilmente este selo, valeu!!
Para continuar com o carinho, os indicados devem
repassar o prêmio para mais 5 blogs,
como sempre eu farei diferente, indicarei 2 de cada,
pois são 3 selos.


Santa Ironia ( Eu tenho um blog de elite)
Troll ( Eu tenho um blog de Elite)

A menina e as montanhas (Uma mulher que faz pensar)
R@ser (Uma mulher que faz pensar)

Marinheiro de água doce ( Este blog vale a pena conferir)
Hauite Intimite( Este blog vale a pena conferir)

Alguns dos indicados são visitantes novos
no dália, mais não menos queridos, por isto todos
fiquem á vontade para repassar ou não.

P.s: Os links de todos se encontram no pegue no jardim, confiram!

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Ô Terra boa sô!!!


Belo Horizonte é uma metrópole diferente,
cercada por exuberante paisagens da natureza,
belíssimas cachoeiras e grutas. Com clima privilegiado
e cercado pelas montanhas da Serra do Curral,
Belo Horizonte tem despertado a atenção pelo potencial ecoturístico.
A poucos quilômetros do centro existem diversos roteiros
para inesquecíveis passeios ecológicos, com trilhas que
escondem centenas de nascentes e riachos,
cachoeiras e poços de águas cristalinas. Pequenos bares
e restaurantes próximos às trilhas oferecem a típica comida
mineira em fogão de lenha. Para quem gosta de adrenalina,
a região é ideal para a prática de diversas modalidades
de esportes de aventura. Belo Horizonte é ponto de partida
também para passeios históricos. Nas cidades históricas,
pode-se apreciar a riqueza da arquitetura e do barroco
mineiro, que traduzem a história do estado e do país.

Fonte: Belotur

Belo Horizonte comemora hoje seus 110 anos de história,
essa cidade que acolheu-me antes mesmo do 1º ano da minha vida.
" Oh! Minas Gerais, quem te conhece não esquece jamais, Oh! Minas Gerais"


Parabéns á todos os mineiros que juntos fazem á história desta cidade!!


terça-feira, 11 de dezembro de 2007

sábado, 8 de dezembro de 2007

Ato falho


Com a agitação do nosso cotidiano, muitas vezes

nem percebemos quando cometemos os atos falhos

conhecido popularmente como “traição da memória” que são

para Freud, equívocos na fala, na memória, erros na leitura,

distração de palavras, audição, provocada pelo inconsciente

ou seja, através do ato falho o desejo do inconsciente é realizado,

às vezes no meio de uma conversa soltamos

algo que não era pra ser dito,

e nos desculpamos dizendo: não era isso que eu queria dizer,

ou falamos algo que não tinha nada haver com o assunto,

ou pensamos uma coisa e escrevemos outra,

erramos um caminho que fazemos diariamente,

quando estamos com uma pessoa abraçada e

sem querer falamos o nome de outra,

na verdade o outro nome era a pessoa que queríamos

estar abraçados, muitas coisa ficam guardadas no nosso

inconsciente para nos proteger de algumas lembranças.

Conhecido como ato falho porque ele nos entrega,

nos causa constrangimento, e nos impede

de fugirmos das nossas verdades,

tendo às vezes tudo pronto

para uma bela atuação do consciente,

eis que o inconsciente nos trai e nos deixa feitos bobos.

Porém achamos que esses atos são cansaço, falta de atenção,

ou um erro qualquer, contudo nenhum gesto,

palavra, pensamento, acontece acidentalmente.


P.s: E você já cometeu algum ato falho?

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

2 em 1


Um desafio foi lançado pela Cackau do café com creme
á todos que por lá tomam aquele cafezinho, é o seguinte:
Devo compor um post em prosa/conto ou poesia
com o título dos últimos 10 posts, não necessariamente
na mesma ordem de publicação, usando outras
palavras para dar sentido ao todo.

“Saber viver”, não é só um “momento”,

é uma arte, a “arte de semear”, que nos remete a um

“presente” que nos leva de “encontro

ao passado”, nos revelando o futuro,

“finjo não ver”, que estas longe, necessito que “volta pra mim”,

e mostrarei "pra vocês” a força de um querer. “Será?”


Passo este desafio á todos que colhem flores no meu jardim
e deixam aqui suas sementes, fiquem á vontade para participar ou não.



Recebi mais um mimo, este agora veio da Carol,
que sempre nos recebe com muito carinho no Gotas diárias de sentimento.

Repasso este mimo simpático para:

Somente eu mesma

Papo e conversa fiada

O blog do Jeú

Café com Creme

Menina Lunar



sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Saber viver



No nosso dia a dia, convivemos com nossas perdas diárias
conhecidas como "perdas menores", começando de pequeno
quando somos separados do seio materno,
mudamos de cidade ou país, um filho se casa,
acontecimentos que ás vezes não damos devida atenção,
mais a Tanatologia nos explica que estas perdas nos ajudam
a entender a conhecida "perda maior" a morte.
Fizemos um trabalho na faculdade no qual falamos
mais a fundo deste assunto, achei relevante comentar
no jardim, pois os espinhos existem , se não tomarmos cuidado ,
ele nos deixa cicatrizes profundas. Como acadêmica
de enfermagem foi um aprendizado enorme, pois pra que
pensar na morte com uma vida tão plena?
Talvez para lidar melhor com o sofrimento alheio,
e até mesmo com o nosso, pensar nela somente quando
nos deparamos com ela é o que nos enfraquece e nos
deixa vulnerável, talvez entender os sinais que a vida nos
dá e saber um pouco mais sobre Tanatologia nos permitirá
favorecer aqueles que estão diante dela
um processo de morrer mais humano.

Este trabalho além de nos propiciar um conhecimento sobre o tema,
nos permitiu estreitar algumas amizades.
Quero agradecer á vocês por tudo que passamos juntas,
ainda temos mais um ano , que será só em campo,
ficará então na memória:as risadas na lanchonete,
as discussões na sala de aula(não é mesmo cackau),
os estágios( cada um mais longe que o outro),
as brincadeiras (espero não ter exagerado), os lanches na casa da cackau,
as contas de telefone imensa (não é mila Saldanha),
toda amizade, meiguice da Saldanha,
o bom astral inconfundível da Dardânia,
o apoio e a confiança depositada em mim pela cackau,
e a mansidão da Denise, espero que tenham boas recordações minhas,
nos encontraremos em breve.


Ps;Já ia me esquecendo de me apresentar, pra quem ainda
não me viu no xdosexo, eu sou a maior da turma, essa mesmo , a de azul.

sábado, 24 de novembro de 2007

Presente!


Ultimamente meu jardim tem recebido novas visitas,

as borboletas estão chegando e trazendo outras,

e com elas vem carinhos, mimos e presentes.

A Karina me presenteou com o selo Escritores da Liberdade,

fiquei muito feliz, mesmo sabendo que estou longe

de ser escritora, me sinto muito á vontade de escrever

o que quero de acordo com o que estou sentido,

e quando percebi amigos foram aparecendo e deixando

meu jardim com um brilho especial. Obrigada!


Irei repassar este presentinho desta vez de uma forma diferente,
sabendo que todos aqueles que tem seu blog linkado aqui,
são os meus favoritos, então para facilitar
os 10 primeiros que me presentear com seus
comentários no jardim serão os meus indicados!

Ps: Espero que gostem!!


terça-feira, 20 de novembro de 2007

Sentir você



É bom te-lo a cada manhã

Sentir seu cheiro a cada abraço

Ouvir sua voz sussurrar no meu ouvido

Sentir o calor de sua pele

Se misturar no seu ser, invadir seu pensamento

Render ao espetáculo, até o fim

Sentir-me menina, moleca, mulher

Irradiar sorrisos para o universo e

Ostentar um sentimento qualquer



quarta-feira, 14 de novembro de 2007

De encontro ao passado



seguindo os passos do passado,

seguindo o rumo do destino

se perdendo no horizonte,

limitado no espaço

acometido de um espasmo,

aproximando do abismo

de volta ao novo mundo

me sentido mais arisca

me entregando ao momento

arriscando a própria vida

revirando sentimentos

revivendo a cada dia

sábado, 10 de novembro de 2007

A arte de semear



Foi com grande sabedoria, que Mário Quintana disse:

"O segredo não é cuidar das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você”.

Ps:Estar atento as palavras, atitudes, olhares, gestos,
semear sempre, e colher os frutos de belíssimas amizades!!

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Finjo não ver

Finjo não ver que me olhas

E me reprova, com um sorriso fugaz.


Finjo não ver que me queres e me deseja

Algo natural


Finjo não ver que me segues

e arranjas desculpa para me acompanhar


Finjo não ver que se encanta

quando solto aquela gargalhada


Finjo não perceber que se acalma

Quando ouves minha voz


Finjo não reparar que se emociona

Quando me ver chorar


Finjo para ti e você pra mim

Vamos vivendo assim.


quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Pra vocês



O que procuras quando me olhas assim,
quer ler meu pensamento, penetrar na minha alma,
invadir minha mente fantasia, no qual envolvo todos
com minha doçura, ou será que
queres rouba o meu ser, o Meu lado (R) de ser,
o que queres afinal, tirar o meu sossego,
ou passar a régua em tudo que já fiz antes
flainando no meu ser, Santa Ironia
se achas que não sei, já te decifrei, caso ache o que procuras me avise,
posso não está pronta pra saber,
necessitarei de alguns mimos e um gole de
café com creme, um bom papo e conversa fiada,
ficarei igual a uma menina, sem receios me
entrego, não percas tempo comigo, encontrarás
sorrisos e até lágrimas, verás uma alma predestinada
a amar, viver intensamente, arriscar, reconhecer, e até zoar.


Ps: Foto cedida pela Nanda do Mente fantasia. Obrigada Nanda!


sábado, 27 de outubro de 2007

Momento


"Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas quando nunca

pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos,
amei e fui amado,
mas também já fui rejeitado,
fui amado e não amei.

Já gritei e pulei de tanta felicidade,
já vivi de amor e fiz juras eternas,
“quebrei a cara muitas vezes”!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só para escutar uma voz,
me apaixonei por um sorriso,
já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo).

Mas vivi, e ainda vivo!
Não passo pela vida…
E você também não deveria passar!

Viva!
Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é “muito” pra ser insignificante".

Charles Chaplin


Ps: Faz tempo que eu queria postar está linda mensagem,
mais acho que este é o momento mais apropiado,
talvez para mim, ou para vocês!

terça-feira, 23 de outubro de 2007

Será?



"Como descobrir um amigo de verdade?
Como saber com quem contar nas Horas em que mais precisamos?
Há quem diga que o verdadeiro amigo é aquele que
vem se alegrar conosco quando o convidamos,
mas que na hora da dor e dó sofrimento aparece
sem ser convidado. Deus é assim"

Márcio Mendes



O que me faz acreditar nas suas palavras
todas sem sentido,
igual a várias outras,
sorrisos falseados, olhares rasos,
cheios de interesse, suspiros cheios de preconceitos
uma superficialidade no ar,
vejo toda uma frieza no seu olhar,
um desinterrese qualquer,
amiga você?
Pode ser...


Ps:Tenho dúvidas mais também tenho certezas,
graças a vocês Li, Ju, Ana, Sil, Kelly, Dri, Su,Flá, Quel.

domingo, 21 de outubro de 2007

Volta pra mim



Meu pensamento está enjaulado, fugido,

preso na maior de todas as montanhas.

Foi invadido por um grande pavor

e temor ao tempo e até ao calor.

Está acorrentado, inerte, esperando

uma atitude QUALQUER até a mais tosca.

Receio o inevitável, mais sigo,

fingo saber o que nem de longe sei.


Ps:Desculpem as poucas palavras, hoje estou assim,
perdida com meus pensamentos!

sábado, 13 de outubro de 2007

Se um cão fosse seu professor...



Se um cão fosse seu professor...
Você aprenderia coisas assim:
Quando alguém que você ama chega em casa,
corra ao seu encontro.
Nunca perca uma oportunidadede ir passear de carro.
Permita-se experimentaro ar fresco do vento no seu rosto.
Mostre aos outros que estão invadindo o seu território.
Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.
Corra, pule e brinque todos os dias.
Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem.
Não morda quando um simples rosnado resolve a situação.
Em dias quentes, pare e role na grama,
beba bastante líquidos e deite debaixo da sombra de uma árvore.
Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
Não importa quantas vezes o outro te magoa,não se sinta culpado...
volte e faça as pazes novamente.
Aproveite o prazer de uma longa caminhada.
Se alimente com gosto e entusiasmo.
Coma só o suficiente.
Seja leal. Nunca pretenda ser o que você não é.
Se você quer se deitar embaixo da terra,cave fundo até conseguir.
E o MAIS importante de tudo...
Quando alguém estiver nervoso ou triste,fique em silêncio,
fique por perto e mostre que você está ali para confortar.
A amizade verdadeira não aceita imitações!!!
E NÓS PRECISAMOS APRENDER ISTO COM UM ANIMAL QUE, DIZEM, É IRRACIONAL...
(Autor Desconhecido)

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

O sol do meu ser


Sinto o perder

meus olhos não o alcançam mais,

tudo ficou nublado e

se perdeu na ventania

a poeira se mistura a dor

meus olhos chegam a lacrimejar

não podes fugir, seu corpo me pertence

seu sorriso se manteve em minha mente, nada se perdeu

te achei no meio do nada e guardei todas suas marcas

Até as profundas

o quero de volta, com o mesmo sorriso, o mesmo olhar

e com o mesmo amor, vamos esperar a calmaria chegar

a terra estacionar, e você verá que o céu se manteve

e o sol ainda brilha em nossos corações

fora da gravidade.

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Meu eu


O que quero mudar

Meu passado ou meu futuro

Meu olhar ou meu andar

Minha maneira de agir ou de falar

Meus momentos, ou meus atos.

Minha vida ou meu rumo

A cor dos meus cabelos ou dos olhos

Cidade ou de País

Os amigos ou inimigos

O meio ou o fim

Minhas escolhas ou opiniões

Minha mente ou meu coração

Meu agir ou meu sentir

Minha identidade ou minha vaidade

sábado, 29 de setembro de 2007

Medo do quê?


Recebi este curioso meme da Menina Lunar
que quer saber quais são os meus medo,
não são poucos, mais fiz um breve resumo.

Por amar demais, tenho muito medo da perda de pessoas queridas,
só de pensar meu humor já muda, tenho vontade de carregar meus
pais no colo e de colocar numa redoma de vidro todos que amo,
sendo impossível eu oro por eles e sempre digo que os amo!!

Por irresponsabilidade de muitos, tenho medo do trânsito,
já estou quase vencendo, medo da violência, da crueldade
que tenho assistido constantemente, medo do futuro dos meus filhos
que ainda nem nasceram, mais o que os esperam não é nada agradável,
como a escassez da água, filho matando pai, pai matando filho,
filho espancando empregada, pedofilia, banalização da morte.

Sempre me atento para que minhas palavras não sejam
piores que o meu silêncio, tenho medo de magoar as pessoas,
sou sincera até o último fio de cabelo, mais sei que as
palavras criam marcas terríveis, então procuro
ser sincera com muita cautela.

Meus medos vão e vêm, não vivo em função deles,
em nada eles me prejudicam,
só crio reservas, tenho outros mais ressaltarei só estes.

E você, o que te faz esconder-se debaixo do edredom, suando frio,
tremendo e rezando? Do que você tem medo?

mimo-te, café com creme, mente fantasia, cin

Quem não tiver medo, e quiser responder, fique á vontade, caso contrário ignore.

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

A flor da minha Primavera


Dália, é originaria do México, onde é muito popular
os índios foram os primeiros a cultivar,
ainda no período do império Asteca.
Por volta do final do século XVIII,
o diretor do Jardim Botânico de Madri encantou-se com a flor,
durante uma visita ao México. Foi o suficiente para que a dália
atravessasse o oceano e chegasse à Europa
onde se adaptou muito bem ao clima temperado.
Foi o botânico sueco A. Dahl, responsável pela expansão
das dálias pela região nórdica da Europa, que inspirou o nome da flor.
Os holandeses e os franceses foram os maiores
incentivadores do cultivo e da produção de
inúmeras espécies híbridas de dálias.
Foi a imigração holandesa que contribuiu muito
para a propagação desta flor no Brasil.
Podemos encontrar diversos tipos de dálias,
o que resulta numa grande variedade de formas
(pompom, bola, decorativa, etc.) e cores
(branca, alaranjada, vermelha, amarela, pink).
Quando adulta, a planta chega a atingir até 1,50 m.
São mais de três mil variedades resultantes de cruzamentos
com outras espécies, como os crisântemos, por exemplo.

Origem:Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ps: Não poderia deixar de falar desta flor, minha xódo,
que significa sutileza, e delicadeza
que dentre tantas foi a escolhida pelo meu jardim,
para representar todas as outras neste blog
e consequentemente será ela a
homenageada pela chegada da Primavera.




domingo, 16 de setembro de 2007

Ana Querida

Um abrir dos olhos

Raio de luz no olhar

Um grito pra vida

Soluços contínuos

Expectativa da mãe

Aflição do pai

Agitação do irmão


Um universo está a sua espera

Amigos anseiam pela sua chegada

E finalmente depois de longos meses

O tão esperado dia chega


O dia está mais leve

As horas se arrastam,

Tudo estaciona, para sua chegada

Chegou cheia de brilho

Com um choro forte

Colocada nos braços da mãe

Acalmou-se, reconheceu


Lindo foi te ver chegar

Cheia de graça

Linda como imaginava

Seja Bem vinda Ana querida

Sua chegada só aumentou e coloriu

A beleza do meu jardim


Tive o privilégio de vê-la chegar, no dia seis de Setembro minha
amiga deu á luz a esta anjinha! Este momento marcou -me!

Parabéns Mônica e Aluízio!




sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Comemorações e Emoções



Vejo cada sorriso

os olhares com brilhos fulgurantes

presença amada

semblantes até cansado

presença doces

daquelas acolhedoras

assim são meus visitantes

amigos distantes, que compartilham comigo

momentos meus, que poucos sabem

vocês vem de longe, mais os sinto tão perto

como uma suave brisa, um toque especial

adoro esse cantinho, e tudo que a nele

principalmente aqueles que fazem suas colheitas

e regam, dão vida a vida.

Semeiam e são semeados

Vão mais voltam

Estarei sempre á esperar com Pétalas

á entregar.


Ps:Agradeço á todos, meu cantinho está sendo muito visitado,
espero estar agradando,tentarei sempre fazer o melhor, obrigada pelas mil visitas!!!



quinta-feira, 13 de setembro de 2007

"Prêmio Caneta de Ouro-Poesias in Blog 2007"


Fui indicada por Calimera e meu poema "Quem nunca"para o "Prêmio Caneta de Ouro-Poesias in Blog 2007"
idealizado por André L. Soares e Rita Costa. Para conhecer as regras deste evento clique Aqui e Participe!
( obs:A ordem não interfere nas indicações)
Indicações a pessoas queridas do Dália Rosada.
O prémio foi idealizado por

sábado, 8 de setembro de 2007

Vocês sabem quais são os 8 objetivos do milênio?


1- Reduzir pela metade, até 2015, a proporção de pessoas com renda menor que Us$1 por dia.
E, reduzir pela metade, até 2015 a proporção de pessoas que sofrem com a fome.

2-Garantir que até 2015, todas as crianças de ambos os sexos completem o ensino fundamental.

3-Eliminar disparidade de gêneros nos ensinos fundamental e médio de prefência até 2005, e em todos os níveis de educação no mais tarda até 2015.

4-Reduzir em dois terços, em 1990 e 2015, a taxa de mortalidade de crianças menores de 5 anos.

5-Reduzir em três quartos, entre 1990 e 2015, a razão de mortalidade materna.

6-Até 2015, ter dito e começado a inveter a propagação do HIV/aids. Até 2015, ter dito e começado a inverter a incidência da malária e de outras doenças importantes.

7-Inserir os princípios do desencvolvimento sustentável nas políticas e programas nacionais e reverter a perda de recursos ambientais.

8-Em cooperação com os países em desenvolvimento, formular e executar estratégias que permitam que os jovens obtenham um trabalho digno e produtivo.

Acontecerá nos dias 14, 15 e 16 de setembro em Belo Horizonte, O Congresso Mineiro dos objetivos do milênio no Minascentro!!
A chance de participar é única, os motivos são 8.

quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Perfeição


"Ser perfeito até parece...
Ser o impossível
Ser perfeito é ter qualidade
Ser perfeito é ser melhor
Ser perfeito é ser verdadeiro
Ser perfeito é poder...
Poder voar
Poder sorrir
Poder cantar
Poder encantar
Poder caminhar
Poder nadar
Poder sonhar
Poder ver
Poder chorar..."
Antônio Marcos P.Bessa
Este poema é de autoria de um paciente que conhecí no Centro de Referência de Saúde Mental, O qual muito me emocionou por ter tamanha sensibilidade e não ter perdido a sua capacidade de viver e se expressar através de lindas palavras!

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Quem Nunca

Quem nunca se decepcionou com alguém,

Ouviu o que não queria, palavras malditas

Quem nunca engoliu seco, e perdeu a fala

Quem nunca segurou uma lágrima, e sorriu sem graça

Quem nunca sentiu um aperto no peito

Uma sensação de angústia

Quem nunca se calou, querendo gritar

Quem nunca gritou quando deveria calar

Quem nunca chorou sem motivo

Quem nunca fugiu dos problemas

Comendo compulsivamente

Quem nunca se arrependeu de algo

E fez de tudo pra consertar

Quem nunca foi mal compreendido

Mal interpretado, e ironizado

Quem nunca sangrou por dentro

De tanta dor

Quem nunca perdeu o controle de

uma situação e perdeu a razão.


Ps. Pequeno desabafo.


quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Momentos meu

Estava a apreciar os fatos e vendo minha vida passar.

Lembrei do sorriso do meu vô, e seu jeito tranqüilo de falar.

Das delícias da vovó, e seus gestos ao argumentar.

Da presença sempre doce e acolhedora da tia Beth.

Das gargalhadas da minha tia Elieth, da alegria da mamãe,

seus abraços apertados e verdadeiros.

Do corre corre dos meus primos no jardim, os tombos da

Quequel, eu amo essa neguinha, da meiguice da Flavinha,

dos quebra pau com cecelo, da tranqüilidade da Paulinha

minha irmã mais velha, das supresas do papai,

das codornas do tio Carlinhos

que eu tomava conta e dos vizinhos tão presentes.

Hoje sou o reflexo deste passado tão rico em momentos.

Um tempo que se foi mais deixou essa saudade gostosa.

Pessoas que marcaram, e foram marcadas.

Pessoas que fizeram e fazem parte da minha história.

Pessoas que viveram e amaram sem reservas.

Pessoas que admiro e fazem que o meu jardim seje sempre

assim, com alguns poucos espinhos mais repleto de flor.


sábado, 25 de agosto de 2007

Aos amigos

"Mais que uma mão estendida
mais que um belo sorriso
mais do que a alegria de dividir
mais do que sonhar os mesmos sonhos
ou doer as mesmas dores
muito mais do que o silêncio que fala
ou da voz que cala,
para ouvir é, a amizade,
o alimento que nos sacia a alma e
nos é ofertado por alguém
que crê em nós!"
(Autor desconhecido)

Ps.Dedico este poema á Milla Loureiro,
uma grande amiga, que muito me incentivou na construção deste jardim.
...

Certificado Blog- Calimera

Prêmio recebido por Calimera.
Que tem um Blog surpreendente...

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Simples assim

Sinto-me sintonizada, energizada, posso dizer em paz.

Adoro me sentir assim,

chego a sentir o pulsar do meu sangue em minhas veias.

Percebo a cada inspiração e relaxo a cada expiração.

Meu corpo está leve, chego a voar.

Viajo pra longe, pra onde meu coração mandar.

É lá encontro a total calmaria almejada.

Pássaros, flores, nossa muita flor.

Parece até o meu jardim.

Cheiro á todas, e paro pra observar.

Curto o instante, atento-me a tudo.

Abro os olhos e me vejo deitada na minha sala.

Maravilha! Tudo isso sem sair do lugar.

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Novo desafio- 7 fatos casuais

Novamente fui desafiada, agora pelo Mestre do blog o Quadro
Negro.

Cada pessoa escreve 7 fatos casuais sobre a sua vida.
Depois passa o desafio a outras 7 deixando um comentário no seu
blog, para que a pessoa saiba que foi desafiada.

Então vamos lá:
1º-Sou da madrugada, não durmo sem o "Beijo do Gordo".

2º-Adoro sorvetes, sempre tomo o mesmo sabor, Romeu e Julieta.

3º-Leio vários livros ao mesmo tempo, no momento estou com três.

4º-Durmo muito chego a perder a noção do tempo.

5º-Curto viajar, conhecer novas culturas, lugares e pessoas.

6º- Gosto de ousar na cozinhar, mesmo cozinhando as vezes só pra mim
eu capricho.

7º-Sem me esquecer do colinho da mamãe, até hoje ela me chama de
neném na frente de todo mundo (nem ligo adoro mimos).

Desafio agora:

Picadeiro
Menina Lunar

Naeno
Mente Fantasia
Café na Porta

Boa Sorte!!


segunda-feira, 13 de agosto de 2007

as 7 maravilhas da minha vida


Minha amiga e parceira do jardim à Milla Loureiro,
desafiou-me pra indicar as “7 Maravilhas da minha Vida!”.


Dentre tantas, aí estão elas:
1º Jesus, meu pai amado, que tanto tem me amparado
e me sustentado nos momentos de tribulações, obrigado por tudo,
sei que não é fácil olhar por mim.
2º Meu alicerce, minha base, minha total estrutura e apóio minha amada família.
3º Meu companheiro, amigo e esposo, pela total dedicação que tem dado
a minha vida e aos meus sonhos. Pelo nosso aniversário de um ano de casados.
4º A arte do cuidado, Enfermagem.
5º Aos meus fiéis amigos e companheiros de batalha, sou apaixonada por cada um deles.
6º Bons textos, escrever, e o teatro que já fiz há vários anos, está no meu sangue.
7º A nossa impecável Natureza, amo o mar pena que moro tão longe dele.

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Instantes


Já anoitecera e eu estava ali, presa as lembranças.

Depositava toda minha expectativa naquele momento.

Almejava com muita veracidade, que o aparelho tocasse.

Um toque qualquer, com o sem melodia.

Desde que ouvisse aquela voz rouca novamente.

Por horas eu estava ali, olheiras á vista, rosto inexpressivo.

Já anoitecera, o dia está nascendo, um novo instante está pra chegar.

Tudo pronto para nós, na maior perfeição.

Eu vacilo, cochilo, mais acordo a todo instante.

Distraio-me com o assobiar do vento.

O telefone ensiste em calar;

Mais eu não desisto, estou a esperar.

Perco minha vida em confiar, mais não perco a certeza do amar.