sábado, 8 de dezembro de 2007

Ato falho


Com a agitação do nosso cotidiano, muitas vezes

nem percebemos quando cometemos os atos falhos

conhecido popularmente como “traição da memória” que são

para Freud, equívocos na fala, na memória, erros na leitura,

distração de palavras, audição, provocada pelo inconsciente

ou seja, através do ato falho o desejo do inconsciente é realizado,

às vezes no meio de uma conversa soltamos

algo que não era pra ser dito,

e nos desculpamos dizendo: não era isso que eu queria dizer,

ou falamos algo que não tinha nada haver com o assunto,

ou pensamos uma coisa e escrevemos outra,

erramos um caminho que fazemos diariamente,

quando estamos com uma pessoa abraçada e

sem querer falamos o nome de outra,

na verdade o outro nome era a pessoa que queríamos

estar abraçados, muitas coisa ficam guardadas no nosso

inconsciente para nos proteger de algumas lembranças.

Conhecido como ato falho porque ele nos entrega,

nos causa constrangimento, e nos impede

de fugirmos das nossas verdades,

tendo às vezes tudo pronto

para uma bela atuação do consciente,

eis que o inconsciente nos trai e nos deixa feitos bobos.

Porém achamos que esses atos são cansaço, falta de atenção,

ou um erro qualquer, contudo nenhum gesto,

palavra, pensamento, acontece acidentalmente.


P.s: E você já cometeu algum ato falho?

15 comentários:

Biaaahhh disse...

Jah...ja cometi muitos atos fahos...E realmente...Eles sempre mostram aquilo q tanto nos empenhamos pra esconder...Por isso eh bom mostrarmos quem somos!!!!

Seu texto tah lindo...Amei...Mt mesmo!!!!

Beijinhos!!!

=]

Menina Lunar disse...

Nandinhaaaa!!!!

Caramba, atos falhos? Todos nós né... Faz parte do ser humano cometê-los. Se não fôssemos falhos, seríamos anjos; mas o principal é aprender com os erros pra acertar com maior freqüência...

Legal a citação de Freud. Eu cometo atos falhos a cada 5 minutos lá no trabalho, quase sempre dou pane no sistema... rsrs

Beijoooo!!!


Ahh, te indiquei ao prêmio "Escritores da Liberdade"... Passa lá na Lua pra pegar o selinho!!

=**

Diva disse...

Xiiii... ja os tive tantos que nao poderia enumera-los. Afinal... sou tao humana humhum
Bjs meus

Cackau Loureiro disse...

Hum??

Eu??

Cometer ato falho?

...De que estavamos falando mesmo?

huahauhauahuahau vc já me viu cometer varios desses né amiga?

Carolzita! disse...

atos falhos???

MUITOSSSS
eu e minha boca... ai ai ai


beijos

Uma Sobrevivente disse...

Miga...

Caramba, nem te conto que já cometi diversos atos falhos... Foram tantos que se eu os fosse relatá-los aqui faltaria espaço!!!

Eu já até me trai dormindo, pode uma coisa dessa... Eu era tão reprimida que o meu corpo reagia as agressões sem eu mesmo sentir...

Bjs querida!!!

Janaína

R@Ser disse...

Ola querida amiga ...e quem nunca cometeu uma falha?Eu várias.


Bjinhos

MIMO-TE disse...

Ai!.... Amiga, tantos :))

Ainda mais como sou tão transparente.... é dificil controlar e sem querer ou querendo mesmo muito... sai... e já está. Geralmente assumo, porque se saiu é porque devia sair. :)))

Beijos amiga

Troll disse...

Bem, já falei um nome errado, umas duas vezes. O mesmo nome... para duas pessoas diferentes que não eram as donas desse nome. Acontece... tem gente que acho q te marca e ponto, né?

Já usei verbos errados, esses sim me entregando grosseiramente. Ainda bem, no entanto, troquei verbos inócuos por verbos bons, até demais. Revelando sentimentos que eu não queria abrir.

Mas meu ato falho mais recente foi me referir a alguém por "amor". Sabe quando vc termina uma frase com um vocativo, depois de vírgula? "Ah, mas nem sempre é assim, amor." Pois é... eu namorava outra pessoa, totalmente diferente daquela com quem estava conversando... e simplesmente aconteceu. Soltei. Foi-se. E seria tão difícil desfazer aquilo que nem EU tinha certeza de que sentia, que eu não desfiz... apenas pedi desculpas por falar aquilo quando ainda namorava alguém. Uma semana depois, eu tinha terminado o namoro. Hoje, estou com aquela que ouviu meu ato falho.

Adorei esse post, caríssima! Tem coisa nova, um tanto nervosa, talvez, na minha caverna. Abração.

RedLightSpecial disse...

Claro que sim.. trocas de nomes de pessoas principalmente... q é sem dúvida o q mais me incomoda.
enfim... faz parte.
Bjs e boa semana para ti!

Alexandra disse...

Oi amiga de farra,acho que não cometi ato falho nenhum, so o tigrão que sabe do meu ato falho,não posso me expor,mas com certeza ja cometi varios,e quem nunca cometeu,bjos e até a proxima farra,viu.....

SAMANTHA ABREU disse...

ô.. e como!]
acho que sou naturalmente um ato falho!
;D

adoro essa foto, ela é meu "tema" na revista germina...
é linda!


E olha só.
Hoje estou no Versos de Falópio:
http://versosdefalopio.blogspot.com

Apareça!
um beijo

Biaaahhh disse...

UMA BOA SEMANA PRA VC TB!!!DESCUPA A DEMPRA PRA RESPONDER...Mas eh q deu pane do meu computador ontem!!!

Bjux!!!

=]

Marco Ferreira disse...

Ui ... se cometi.

Uns sem hipótese de remediar outros ainda fui a tempo de evitar males maiores.

São as coisas da vida ... ou as partidas do cérebro.

marinheiroaguadoce a navegar

XannaX disse...

Ui... é que é mesmo todos os dias... :-)
b
e
i
j
o