terça-feira, 19 de outubro de 2010

Complicada a coisa né?

Complicada a coisa né?


Exigências da vida moderna (quem aguenta tudo isso??)

Dizem que todos os dias você deve comer uma
maçã por causa do ferro.
E uma banana pelo potássio.
E também uma laranja pela vitamina C.

Uma xícara de chá verde sem açúcar para prevenir a diabetes..
Todos os dias deve-se tomar ao menos dois litros de água.
E uriná-los, o que consome o dobro do tempo.
Todos os dias deve-se tomar um Yakult pelos lactobacilos
(que ninguém sabe bem o que é, mas que aos bilhões,
ajudam a digestão).

Cada dia uma Aspirina, previne infarto.
Uma taça de vinho tinto também.
Uma de vinho branco estabiliza o sistema nervoso.
Um copo de cerveja, para... não lembro bem para o que, mas faz bem.
O benefício adicional é que se você tomar tudo isso ao mesmo tempo e
tiver um derrame, nem vai perceber.

Todos os dias deve-se comer fibra.
Muita, muitíssima fibra.
Fibra suficiente para fazer um pulôver.
Você deve fazer entre quatro e seis refeições leves
diariamente.
E nunca se esqueça de mastigar pelo menos cem vezes
cada garfada.
Só para comer, serão cerca de cinco horas do dia.

E não esqueça de escovar os dentes depois de comer.
Ou seja, você tem que escovar os dentes depois da maçã,
da banana, da laranja, das seis refeições e enquanto tiver dentes,
passar fio dental, massagear a gengiva, escovar a língua e
bochechar com Plax.
Melhor, inclusive, ampliar o banheiro e aproveitar par
a colocar um equipamento de som, porque entre a água,
a fibra e os dentes, você vai passar ali várias horas por dia.

Há que se dormir oito horas por noite e trabalhar outras oito
por dia, mais as cinco comendo são vinte e uma.
Sobram três, desde que você não pegue trânsito.

As estatísticas comprovam que assistimos três horas
de TV por dia.Menos você, porque todos os dias você vai
caminhar ao menos meia hora (por experiência própria,
após quinze minutos dê meia volta e comece a voltar,
ou a meia hora vira uma).

E você deve cuidar das amizades, porque são como uma planta:
devem ser regadas diariamente, o que me faz pensar em quem
vai cuidar delas quando eu estiver viajando.

Deve-se estar bem informado também, lendo dois ou três
jornais por dia para comparar as informações.

Ah! E o sexo.
Todos os dias, tomando o cuidado de não se cair na rotina.
Há que ser criativo, inovador para renovar a sedução.
Isso leva tempo e nem estou falando de sexo tântrico.

Também precisa sobrar tempo para varrer, passar,
lavar roupa, pratos e espero que você não tenha
um bichinho de estimação..

Na minha conta são 29 horas por dia.

A única solução que me ocorre é fazer várias dessas
coisas ao mesmo tempo!!!

Tomar banho frio com a boca aberta, assim você toma água e
escova os dentes. Chame os amigos e seus pais.
Beba o vinho, coma a maçã

Agora tenho que ir.

É o meio do dia, e depois da cerveja, do vinho e da maçã,
tenho que ir ao banheiro.

E já que vou, levo um jornal...

Tchau.....

Se sobrar um tempinho, me manda um e-mail.

Luís Fernando Veríssimo

PS. Não esqueça de orar, agradecendo por ter tempo para tudo isto.

PS2: Amigos, voltei! Nossa, fiquei feliz por saber que vocês sentiram
minha falta, volto cheia de novidades e muito empolgada, ainda não
visitei blog nenhum, apesar da saudades, em breve colocarei minhas visitas
em dia.
Este post é mais ou menos como estou neste momento, na verdade
nem poderia estar aqui digitando, já estou atrasada.


Beijos e flores!

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Felicidade realista


A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é
um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.
Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde,
ser magérrimos, sarados, irresistíveis.


Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o

cinema: queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa

cinco estrelas.E quanto ao amor? Ah, o amor... não basta

termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma

pizza e fazer sexo de vez em quando.


Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo.

Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser

surpreendidos por declarações e presentes inesperados,

queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos

sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro

jeito.É o que dá ver tanta televisão.


Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma

mais realista.Ter um parceiro constante, pode ou não,

ser sinônimo de felicidade.Você pode ser feliz solteiro,

feliz com uns romances ocasionais, feliz com um parceiro,

feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo,

principalmente quando se trata de amor-próprio.

Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo,
usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando.

Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado.

E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar

a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco

de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.


Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar

o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas,

trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno.

Olhe para o relógio: hora de acordar.


É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que

nos mobiliza, instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente.

A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva

o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade.

Se a meta está alta demais, reduza-a.

Se você não está de acordo com as regras, demita-se.

Invente seu próprio jogo

.

[Martha Medeiros]



P.s: Estou passando rapidamente aqui pelo blog, infelizmente

ficarei devendo visitas á todos os blogs, mais em breve,

colocarei em dia minha leitura.

Quero agradecer a vocês minhas amigas pelo carinho e

atenção que tiveram e estão tendo comigo,

continuem orando...obrigada!

Beijos e flores!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Um post para amigos!



Esse post que você está começando a ler (tomara
que alguém leia), não é um post comum, igual aos demais
postados aqui, é um post cheio de emoção e ousadia.
Venho me desculpar, justificar e também pedir,
bem, estes dias não tenho ficado muito na internet,
estou com uma pessoa muito querida minha doente
e precisando muito de oração, então venho
pedir a vocês minhas amigas que se unam a mim
nesta corrente, sei que a grande maioria são cristãs,
por isso tenho total liberdade em fazer esse pedido.
Eu Creio no poder na oração, por isso início essa corrente
hoje até o dia em que ele tiver alta do hospital,
quando isto acontecer eu comunicarei aqui.

Em breve estarei no blog de todos, não me abandonem
hein...rsrs.

Braçada de flores á todos!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Virando a página


Acabo de chegar de uma deliciosa viagem, terminei
a leitura de um livro maravilhoso, Comer, rezar, amar
de Elizabeth Gilbert, engraçado que temos momentos
certos para lermos determinados livros, e definitivamente
eu não poderia estar em um momento mais propício para
a leitura deste.

O livro nos conta a história de uma mulher americana,
34 anos, escritora, que decide viajar pelo mundo para
deixar para trás uma vida monótona, passa por 3 lugares,
sendo eles Roma, Índia e Bali em busca de experiências,
após divórcio complicado e uma depressão e com tudo
isso acaba fazendo uma intensa viagem interna.
Esta jornada é repleta de emoções, sonhos,
visões, e seu maior objetivo é sua recuperação pessoal.

A medida que fui lendo o livro, separei alguns fragmentos
para colocar aqui, chega a ser injusto, por que são inúmeras
as passagens que mereciam ser ressaltadas.

"O silêncio e a solidão são práticas espirituais mundialmente reconhecidas
e existem bom motivos para isso. Aprender a disciplinar sua fala é uma
forma de evitar que suas energias se esvaziam de você pelo buraco de
sua boca, exaurindo você é enchendo o mundo de palavras, palavras,
palavras, em vez de serenidade, paz e contentamento
."

"As pessoas acham que a alma gêmea é o encaixe perfeito, e é isso
que todo mundo quer. Mais a verdadeira alma gêmea é um espelho,
a pessoa que mostra tudo que está prendendo em você, a pessoa que
chama sua atenção pra você mesmo para que você possa mudar sua
vida. Uma verdadeira alma gente é provavelmente a pessoa mais
importante que você já conheceu, por que elas derrubam suas paredes
e te acordam com um tapa. Mais viver com uma alma gêmea não.
Dói demais. As almas gêmeas só entram na sua vida pra revelar
a você uma outra camada de você mesmo. E depois vão embora
."

Fragmentos do Livro: Comer, rezar, amar

Enfim, achei o livro excelente, envolvente e digo e repito,
leiam, por que além de tudo vocês irão dar boas risadas
com as atrapalhadas da autora, que protagoniza o livro.

O livro ganhou versão no cinema, protagonizado pela Julia
Roberts e deverá ser lançado no meio do ano.

sábado, 5 de junho de 2010

Quero


"Quero que todos os dias do ano
todos os dias da vida
de meia em meia hora
de 5 em 5 minutos
me digas: Eu te amo"


[Carlos Drummond de Andrade]

terça-feira, 1 de junho de 2010

Sei que hoje



Sei que hoje, sinto as coisas com um sentido diferente

A umidade do dia nem me incomoda mais, o barulho do

trânsito, os gritos dos ambulantes, os andares apressados

dos pedrestes, nada disso é valorizado por mim, a ponto

de me incomodar,hoje as coisas têm uma tonalidade

mais leve, me divirto com as pequenas coisas, e deixo

passar as superficiais, deixando-as, vou seguindo

chego ao longe, e percebo que nem ao menos sai do lugar.



Por Nanda Nascimento!

Beijos e flores!

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Coisas de sexta- feira!





Mãe
: Alô?

Filha: Mãe? Posso deixar os meninos contigo hoje à noite?

Mãe: Vai sair?

Filha: Vou.

Mãe: Com quem?

Filha: Com um amigo.

Mãe: Não entendo porque você se separou do teu marido,

um homem tão bom...

Filha: Mãe! Eu não me separei dele! ELE que se separou de mim!

Mãe: É... você me perde o marido e agora fica saindo por aí

com qualquer um...

Filha: Eu não saio por aí com qualquer um. Posso deixar os meninos?

Mãe: Eu nunca deixei vocês com a minha mãe, para sair com um

homem que não fosse teu pai!

Filha : Eu sei, mãe. Tem muita coisa que você fez que eu não faço!

Mãe: O que você tá querendo dizer?

Filha: Nada! Só quero saber se posso deixar os meninos.

Mãe: Vai passar a noite com o outro? E se teu marido ficar sabendo?

Filha: Meu EX-marido!! Não acho que vai ligar muito,

não deve ter dormido uma noite sozinho desde a separação!

Mãe: Então você vai dormir com o vagabundo!

Filha: Não é um vagabundo!!!

Mãe: Um homem que fica saindo com uma divorciada com

filhos só pode ser um vagabundo, um aproveitador!

Filha: Não vou discutir, mãe. Deixo os meninos ou não?

Mãe: Coitados... com uma mãe assim...

Filha: Assim como?

Mãe: Irresponsável! Inconseqüente! Por isso teu marido te deixou!

Filha: CHEGA!!!

Mãe: Ainda por cima grita comigo! Aposto que com o vagabundo

que tá saindo contigo você não grita.

Filha: Agora tá preocupada com o vagabundo?

Mãe: Eu não disse que era vagabundo!? Percebi de cara!

Filha: Tchau!!

Mãe: Espera, não desliga! A que horas vai trazer os meninos?

Filha: Não vou. Não vou levar os meninos, também agora

não vou mais sair!

Mãe: Não vai sair? Vai ficar em casa? E você acha o que,

que o príncipe encantado vai bater na tua porta?

Uma mulher na tua idade, com dois filhos, pensa que é

fácil encontrar marido? Se deixar passar mais dois anos,

aí sim que vai ficar sozinha a vida toda! Depois não vai

dizer que não avisei! Eu acho um absurdo, na tua idade

você ainda precisar que EU te empurre para sair!



(Texto atribuído á Luis Fernando Veríssimo)


Um excelente final de semana á todos!


Beijos e flores!

terça-feira, 25 de maio de 2010

E a Bienal?


Posts anteriores, eu havia mencionado sobre a Bienal
do livro que estava acontecendo aqui em Bh, o evento
durou 10 dias e podem acreditar só consegui
visitar uma única vez, mais sinceramente valeu pelas 10.

Dessa vez eu não assisti um bate-papo com o Rubem Alves,
como eu já o assisti de outras vez, deixei pra ver o Carpinejar,
teve um bate papo descontraído na Arena jovem sobre
"Os vampiros são os novos príncipes encantados, que fenômeno
é esse? E depois eu assisti arena poética, onde 3 escritores fazem
a leitura de seus poemas, crônicas e poesias, Carpinejar leu uma
crônicado seu novo livro, A mulher Perdigueira, foi um espetáculo
a parte, não estou falando só como admiradora do trabalho dele
não, mais quem o conhece um pouquinho sabe como ele é.



No final ele autografou meu livro ,eu tirei uma foto com ele,
na verdade pedi uma moça pra tirar a foto pra mim,
e dei meu e-mail, mais até agora não recebi, se eu receber
(assim espero) eu posto aqui, ele é extremante educado e
receptivo, valeu muito a pena.

Enfim, eu me diverti muito durante este dia, as programações
foram ótimas, livros com ótimos preços para todos os gostos.

Obs: Já comecei a ler o livro, e quando eu terminar comento
um pouco dele aqui.

Linda semana á todos!


Fotos: http://carpinejar.blogspot.com

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Vampiros / Martha Medeiros



"Eu não acredito em gnomos ou duendes, mas vampiros existem.
Fique ligado, eles podem estar numa sala de
bate-papo virtual, no balcão de um bar, no
estacionamento de um shopping. Vampiros e vampiras
aproximam-se com uma conversa fiada, pedem seu telefone,
ligam no outro dia, convidam para um cinema. Quando você
menos espera, está entregando a eles seu rico pescocinho e
mais. Este "mais" você vai acabar descobrindo o que é
com o tempo.

Vampiros tratam você muito bem, têm muita cultura,
presença de espírito e conhecimento da vida. Você fica
certo que conheceu uma pessoa especial. Custa a se dar
conta de que eles são vampiros, parecem gente. Até
que começam a sugar você. Sugam todinho o seu amor,
sugam sua confiança, sugam sua tolerância, sugam sua
fé, sugam seu tempo, sugam suas ilusões. Vampiros
deixam você murchinha, chupam até a última gota.
Um belo dia você descobre que nunca recebeu nada em
troca, que amou pelos dois, que foi sempre um ombro amigo,
que sempre esteve à disposição, e sofreu tão solitariamente
que hoje se encontra aí, mais carniça do que carne.

Esta é uma historinha de terror que se repete ano após ano,
por séculos. Relações vampirescas: o morcegão surge com
uma carinha de fome e cansaço, como se não tivesse dormido
a noite toda, e você se oferece para uma conversa, um abraço,
uma força. Aí ele se revitaliza e bate as asinhas. Acontece em
São Paulo, Manaus, Recife, Florianópolis, em todo lugar, não
só na Transilvânia. E ocorre também entre amigos, entre colegas
de trabalho, entre familiares, não só nas relações de amor.

Doe sangue para hospitais. Dê seu sangue por um projeto de vida,
por um sonho. Mas não doe para aqueles que sempre, sempre,
sempre vão lhe pedir mais e lhe retribuir jamais."


Resolvi postar este texto da Martha Medeiros por que a
vampirada
tá solta...cuidado, eu tô de olho,
pois não são poucos e estão aonde vocês
menos imaginam.

Tenham todos uma sexta-feira de muita luz e paz interior.


(Foto retirada da net)

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Superação


Quando resolvi fazer este post, pensei em falar
sobre o fim da novela "Viver vida", mais mudei de idéia
por que afinal de contas, fim de novela são todas iguais,
é uma enrolação pra no final acontecer tudo no último capítulo,
isso é, sem falar de coisas que ficam por acontecer.

Mais como eu disse no início não vou falar sobre o
último capítulo, que também teve cenas emocionantes
(tenho impressão que já estou falando), mais o que
realmente fechou a novela com chave de ouro
foi a participação do Maestro João Carlos Martins
e é sobre ele que eu realmente quero falar.

Os depoimentos sobre superação, foi um ponto forte da
novela, achei de grande sabedoria do Manoel Carlos
encerrar a novela com a presença de uma pessoa
tão guerreira e representativa para nosso país.
Já conhecendo sua história, vibrei quando vi que o encerra
mento seria marcado por sua trajetória tão sensível
cheio de idas e vindas, mais com muita força
e amor pela música.
Confesso que meus olhos encheram de lágrimas,
é muito bom ver exemplos como estes, inspiração
para todo um país.

Falando um pouco do Manoel Carlos, apesar de tudo,
continuo achando que ele é o autor que melhor retrata
o sentimento feminino, e é por esse motivo que ele sempre
me leva pra frente da Tv, mesmo eu lembrando dos finais
das novelas, o mesmo não faço por outros diretores.
Canso só de ver as propangandas...rs.


Tenham uma linda semana, e por favor:
Sejam felizes!

Por Nanda Nascimento

sábado, 15 de maio de 2010

Bienal do livro



Está acontecendo aqui em Minas a Bienal do Livro,
no Expominas, uns dos principais espaços para feiras
em Belo Horizonte, o evento começou dia 14/05 e
terminará no dia 23/05, umas das atrações da
programação da bienal são:


Arena poética: espaço onde os vistantes poderão ouvir os
poetas lendo seus próprios poemas.
São vários os poetas, pretendo assistir o Fabrício Carpinejar
no dia 22/05 e deixo também a dica.

Café literário:Espaço de interação entre leitores e autores,
um bate-papo informal sobre diversos temas, como humor,
cinema, cultura em geral.
No dia 19/05 será o dia do Rubem Alves, dica melhor que
essa eu não tenho...adoro...rs.

E tem muito mais....




Meus queridos, sei que estou em falta com todos,
por diversos motivos estive ausente no espaço de
todos
mais hoje começarei as visitas e terminarei amanhã.
Que o domingo de vocês, seja simplesmente maravilhoso.




Beijos e flores!


Nanda Nascimento

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Dia do Enfermeiro


Hoje é um dia muito especial para muitos profissionais
da área da sáude. Comemora-se hoje
o dia do Enfermeiro.


Eu fui oradora da minha turma, colocarei alguns fragmentos
do discurso que eu fiz, para homenagear essa classe,
que têm crescido muito e tem mostrado seu valor.

Ao longo do nosso curso fomos questionados por que

escolhemos ser enfermeiros. Porque trocar o dia pela noite,

ficar noites em claro,perder sábados e domingos,

doar-se tanto e a resposta está nas palavras

da Florence Ninghtingale a fundadora da enfermagem.

"A Enfermagem é uma arte; e para realizá-la como arte,

requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso,

quanto à obra de qualquer pintor ou escultor; pois o que é

tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao

tratar do corpo vivo, o templo do espírito de Deus?

É uma das artes; poder-se-ia dizer, a mais bela das artes!"


Ser enfermeiro é uma maneira de se apresentar ao mundo

de braços abertos. É uma forma de viver com e para o

próximo sem preconceitos de raça, sexo, cultura e religião.

Ser enfermeiro é tornar irmãos de fé

aos que precisam dos cuidados que podemos oferecer,

porque aprendemos amar ao próximo com

máxima dignidade e respeito.


Deixo aqui um texto que recebi de uma amiga, bem divertido.

Enfermeira nao come, aceita dieta.
Enfermeira não cheira, sente odores.
Enfermeira não toca, palpa.
Enfermeira não respira, provoca hematose.
Enfermeira não elogia, descreve processos.
Enfermeira não tem reflexos, tem mensagem neurotransmitida involuntária.
Enfermeira não facilita discussões, catalisa substratos.
Enfermeira não admite algo sem resposta, analisa o hereditário.
Enfermeira não fala, coordena vibrações nas cordas vocais.
Enfermeira não pensa, faz sinapses.
Enfermeira não toma susto, recebe resposta galvânica incoerente.
Enfermeira não chora, produz secreções lacrimais.
Enfermeira não espera retorno de chamadas, espera feed backs.
Enfermeira não se apaixona, sofre reações químicas.
Enfermeira não respira, quebra carboidratos
Enfermeira não tem depressão, tem disfunção no hipotálamo

involuntariamente
Enfermeira não tem reflexos, tem mensagens neurotransmitidas i

nvoluntariamente
Enfermeira não toca, recebe estímulos tácteis
Enfermeira não cheira, estimula os bulbos olfativos
Enfermeira não beija, permuta microorganismos
Enfermeira não sofre fratura, tem descontinuidade abrupta

e traumática do osso
Enfermeira não se apaixona, tem comportamento de padrão motor,

ativado pelas reações químicas induzidas pelas respostas emocionais,

seguidos de liberação de feromônios
Enfermeira não sente dor, tem estímulos nociceptivos
Enfermeira não leva a colher à boca, faz movimento cinésio-funcional
Enfermeira não falece, tem morte histológica e vai a óbito
Enfermeira não caminha, deambula.!!



Beijos e flores!

sábado, 8 de maio de 2010

Feliz Dia das Mães!


Deixo aqui meu imenso carinho a todas as mães que por aqui
passarem, mulheres guerreiras que merecem todo nosso
respeito e carinho.
Que vocês possam ter um lindo domingo ao lado do seus,
um dia de muito convívio e harmonia.

A Susu, minha mãe linda, dispensa comentários, ela tudo que
eu gostaria de ser quando eu for mãe, se eu consegui ser um terço
para meus filhos do que ela é pra mim, já fico satisfeita.



Beijos e braçadas de flores para todas as mães!

Nanda Nascimento!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

É pra espalhar!

O ilustre autor do primo Basílio, a Relíquia, as Cidades e as Serras,
entre tantas outras obras literárias preciosas, escreveu essa frase:









"Os políticos e as fraldas devem ser mudados
frequentemente e pela mesma razão."
Eça de Queiroz












Nesse caso, sigamos as orientações de Eça de Queiroz
em outubro de 2010.















Na barra da lateral da minha página eu já apoio
essa a idéia a um tempinho, mais agora eu reforço a
corrente, minha amiga me mandou este e-mail
e eu achei mais do que oportuno. Quem quiser
repassar eu agradeço muito, quem sabe um dia
a união faz a força.


"Andar com fé eu vou, que a fé não costuma faiá." [Gilberto Gil]

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Trabalho x Prisão


NA PRISÃO
Passas a maior parte do tempo numa cela de 3x3 metros.
NO TRABALHO
Passas a maior parte do tempo num cubículo de 2x2 metros



NA PRISÃO
Tens três refeições por dia completamente grátis.
No TRABALHO
Tens uma pausa para uma refeição, que tens que pagar.



NA PRISÃO
Tens assistência médica e dental GRÁTIS
NO TRABALHO
Tens um seguro de saúde (que sai do teu salário) e

que pode ou NÃO cobrir os tratamentos de que precisas




NA PRISÃO
Reduzem-te o tempo se te portares bem.
NO TRABALHO
Dão-te mais trabalho se te portares bem.




NA PRISÃO
O guarda fecha e abre as portas para ti.
NO TRABALHO
Muitas vezes tens um cartão de acesso e tens que

abrir e fechar as portas tu mesmo.




NA PRISÃO
Podes ver TV e jogar o que quiseres.
NO TRABALHO
Podes ser despedido por ver TV e jogar no computador.




NA PRISÃO
Autorizam-te a receber a visita da tua família e amigos.
NO TRABALHO
Nem sequer admitem que fales com a tua família.


NA PRISÃO
Todas as despesas são pagas pelos contribuintes

e não tens que trabalhar.
NO TRABALHO
Tens que pagar as despesas para ir para o trabalho

e deduzem taxas ao teu salário para pagar os custos das

prisões.


NA PRISÃO Passas o tempo dentro das grades à

espera de sair.

NO TRABALHO
Passas o tempo querendo sair e ir para a prisão.



NA PRISÃO Tens que aturar vigilantes sádicos.

NO TRABALHO
...chamam-lhes diretores.

















Não poderia de deixar de parabenizar o meu time de

CORAÇÃO....AMOOOO.....Galoooooo!

Campeão do campeonato mineiro, foi um show

esta disputa, sendo o Tardelli uns dos principais protagonista.


Agora temos que esperar quarta-feira, quando o galo jogará contra

o Santos....aguenta coração.


Fotos retirada da net.


Beijos e flores!

sábado, 1 de maio de 2010

São tantas emoções!



Gente estou muito feliz, visitando os blogs
dos amigos, um pouco atrasada confesso,
me deparei com minha foto em um blog que ainda
está engatinhando, na semente e que promete dar
ótimos frutos, o blog Uma parte de mim é do Lucas
Bernardo, um adolescente de 14 anos, inteligente,
curioso, habilidoso entre outras qualidades.
Ele recomenda meu blog aos leitores dele e acaba me
fazendo uma homenagem, confesso que fiquei muito
emocionada, por que é bom ver um jovem
dedicando parte do seu tempo escrevendo coisas
tão bacanas em seu blog e influenciado por mim
(eu tenho esse poder mesmo gente...rs) me senti
feliz por multiplicar em outros o prazer que tenho em
escrever, ler e interagir com várias pessoas diferentes.

Não posso esquecer de ressaltar que o Lucas é filho de
uma grande amiga minha, trabalhamos juntas,
e passamos por várias coisas juntas, desde alegrias
a tristezas, e sendo filho de quem é não poderia esperar
nada diferente.

Termino o post com esta linda frase da música
do Milton Nascimento que eu adoro, desejando também
á todos um excelente final
de semana e convidando
também a conhecerem
o blog do Lucas.clique aqui.

"Por tanto amor, por tanta emoção a vida me fez assim...doce
ou atroz, manso ou feroz, eu caçador de mim."


Beijos e flores!

terça-feira, 27 de abril de 2010

Pra vocês!


Tudo era coberto de muita magia e encatamento
fiquei curiosa como a intensidade que aquele
lugar
me envolvia e traduzia uma parte de mim,
estava ajuntando meus bordados e retalhos em
meio a tanta misturação.


Aos poucos fui voltando a real e entendi que

viver é pura magia e que nos tras á tona memórias,
qualquer uma que seja, até de uma
memória de
uma simples Maria
.
Voltei ao meu cantinho de sonhar,
lugar onde
exerço meus caprichos e carinhos e
encontro minha essência.


Fechei meus olhos, queria deslumbrar tanta magia,
aos poucos fui sentindo um aroma estranho no ar,
era forte e me remetia a algum lugar,
morangos mofados,
fiquei quieta por algum tempo
querendo entender todo
aquele " feelings",
e aos poucos me senti florescer,
desabrochar e me
transformar vencendo cada dia.


Por mais que todos os meus atos fossem calculados,
não passavam de cálculos de um aprendiz, era como
se
eu tivesse tendo um pensamento cretino,
mais nada
mais me importava,
do que me entregar aos meus devaneios.



Espero que gostem, não é a primeira fez que faço isso,
e nem será a última, adoro brincar com o nome dos
blogs e aproveito para fazer uma singela
homenagem.

Beijos e flores!

domingo, 25 de abril de 2010

Instantes


Já anoitecera e eu estava ali, presa as lembranças.


Depositava toda minha expectativa naquele momento.


Almejava com muita veracidade, que o aparelho tocasse.


Um toque qualquer, com o sem melodia.


Desde que ouvisse aquela voz rouca novamente


Por horas eu estava ali, olheiras á vista, rosto inexpressivo.


Já anoitecera, o dia está nascendo, um novo instante está pra chegar.


Tudo pronto para nós, na maior perfeição.


Eu vacilo, cochilo, mais acordo a todo instante.


Distraio-me com o assobiar do vento.


O telefone ensiste em calar;


Mais eu não desisto, estou a esperar.


Perco minha vida em confiar,


mais não perco a certeza do amar.


Por Nanda Nascimento



Beijos e flores!