terça-feira, 1 de junho de 2010

Sei que hoje



Sei que hoje, sinto as coisas com um sentido diferente

A umidade do dia nem me incomoda mais, o barulho do

trânsito, os gritos dos ambulantes, os andares apressados

dos pedrestes, nada disso é valorizado por mim, a ponto

de me incomodar,hoje as coisas têm uma tonalidade

mais leve, me divirto com as pequenas coisas, e deixo

passar as superficiais, deixando-as, vou seguindo

chego ao longe, e percebo que nem ao menos sai do lugar.



Por Nanda Nascimento!

Beijos e flores!

13 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Tá inspirada, hein!
Meu marido diz que não preciso ouvir tudo, senão enlouqueço.(rs)
xeros

Bordados e Retalhos disse...

Lindo Nanda. Adorei! Bjs

Amapola disse...

Que lindo... é sinal que você está com muita paz.

Um grande abraço, amiga Nanda.

Mari disse...

Nanda querida...
Com o tempo a gente vai sentindo as coisas de forma muito diferente, é crescimento!
Um beijo

Paula disse...

Quanta inspiração flor adorei, as vezes é preciso andar devagar mesmo para percebermos as coisas.
Em mundo tão agitado onde todos andam correndo feito uns loucos.
beijokas

Jacinta Dantas disse...

Divertir-se com as pequenas coisas...
Que bom, Nanda, quando a gente tem essa tranquilidade e maturidade para se importar com o que realmente importa. Para mim, isso é o exercício de um aprendizado diário, com paciência, compreensão e aceitação de quem a gente é de como estamos colocados no mundo.

Abração

legalmente loira... disse...

boa noite!!
vim te visitar e agradecer o seu carinho.(amei nanda...perfeita)
linda noite com carinho e bjos.

"Amo pessoas que fazem do presente um caminho para o futuro com algumas trilhas secundárias e até alguns atalhos...Elas entendem de liberdade..."

(Ledy Foppa)

Sil.. disse...

Nanda, isso é sinal da leveza.
Insustentável leveza do ser!

Grande abraço minha querida!

Filipe Costa disse...

Oi Nanda
Obrigado pela visita!
Gostei daqui,voltarei mais vezes...
Os textos são ótimos!
Um abraçooo!

legalmente loira... disse...

Olá, vi dar meu oizinho, deixar um beijinho e levar seu carinho e estou na correria, ma pitou uma saudadinha!
com carinho e bjos...

corujando os filhos...hehehehe

Amiga, que bela escolha....

Troll disse...

Então hoje, alcançou mais, nessa ausência de se importar. E acredite: isso sim é importante. Pq é seu, sejam momentos, pensamentos ou apenas essa paz.

Tati Pastorello disse...

Nanda, quanta delicadeza neste texto!! Lindo demais! Um grande beijo.

Daniel Savio disse...

Para mim, acaba sendo um ponto elastico o que você descreve no post, de ir ao longe e não deixar de si mesmo (se esticando para unir estes pontos).


Fique com Deus, menina Nanda Nascimento.
Um abraço.