quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Dá pra fazer!




A disputa pelo 2º turno aqui em BH está acirrada,
em meio farpas, bombas e chutes na bunda, ficou muito
mais difícil se decidir. O que me entristece é a falta
de esclarecimento, realmente é difícil de saber quem está
falando a verdade, mais a informação válida e quando é
relatada pelo próprio candidato e não esses emails ridículos
que estão sendo espalhados por ai, nada disso é necessário,
eles mesmos estão queimando o próprio filme, esse roupeiro
sujo lavado a todo momento no horário eleitoral em nada mudou
meu voto, mais infelizmente mudou o de muita gente.
Tem muita gente discutindo política,
sem ao menos assitir um debate,
baseadas somente nas notícias enviadas por e-mail.
Vamos exercitar a mente.
A hora é essa!

Charge:Daniel Paiva

4 comentários:

Cadinho RoCo disse...

Tal como fiz no primeiro turno, o meu voto será nulo no segundo porque considero o atual processo eleitoeal brasileiro corrompido por este Governo Lula. Quanto à disputa em Belo Horizonte o que se percebe é um preconceito sem tamanho sobre uma candidatura que traz consigo a ameaça de quebrar o loteamento que está feito na Prefeitura de Belo Horizonte. Uma vergonha a mesquinhez vinda de um Governasdor de Estado e que passa por um Prefeito que nunca disputou nada além do que só fez perpetua-lo na prefeitura por longos 16 anos. Uma lástima a ação de católicos marcados por um funadmentalismo político comprometido com o que há de pior no comportamento social de verdadeiros marginais. Como é que um homem que sai de um exílio político com uma mão na frente e outra atrás, como disse o Senhor Márcio Lacerda, aparece agora com declaração de bens avaliado em mais de 50 milhões de reais? É assim que ele pensa no próximo? É assim que ele divide seus lucros? Este homem então é um gênio.
Meu voto é nulo, mas detesto deparar com uma cidade totalmente vendida por políticos que confundem o poder público com ambição pessoal. O candidato Leonardo Quintão está sendo massacrado por uma mídia vendida, pelo vandalismo de uma militância arrogante e por manobra inescrupulosa de uma igreja católica que dá as costas aos mais elementares princípios de um cristianismo autêntico.
Belo Horizonte já perdeu esta eleição marcada pela mais solene hipocrisia partida justamente de um prefeito que após dois mandatos resolveu não se dar ao respeito, como é típico de um político do Partido dos TRabalhadores.
Cadinho RoCo

Taynar disse...

Nem me lembra que o segundo turno aqui em Belém tá crítico tbm..

Boa sorte no domingo, moça.
Beijos

Cackau Loureiro disse...

Mais uma síndrome social!!!

Vou vomitar na urna domingo!!!

prontofalei!

GUILHERME PIÃO disse...

Concordo, mas é dificil pois a politica esta banalizada e os politicos então nem se fala, um pior que o outro...
Mas não é só ai não é em todo o país, por isto estamos nesta "DRAGA"...
Abraços