sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Quero que hoje

Quero que hoje

O sol não se esconda

As feridas sejam cicatrizadas

Que os olhares sejam vivos

E as mágoas apagadas



Quero rir de mim mesma

Transpor os meus limites

Indagar minha existência


Caminhar sobre as nuvens

Libertar-me do passado

Reescrever minha história


Quero somente

Usufruir do orvalho

Aguçar meus sentidos

distanciar minha ira


Correr pela praia

Render-me ao tempo

Apresentar-me a vida


Resgatar o momento

Suspirar com alívio

E intensificar o desejo



O dália recebeu vários selos, O marinheiro de água doce
(um espaço versátil e acolhedor, de um marinheiro talentoso
e encatador) presenteou -me com o selo é um blog bom sim senhora,
a Cel França( uma leitora assídua que mesmo
não comentando sempre, eu sei que ela está sempre por aqui,
dona de belas palavras que nos fascina com suas escritas)
com o selo escritores da liberdade,
Adriano Carôso(um espaço bem poético com belas rimas ,
um homem que brinca com as palavras e que traduz momentos
em belos textos) com o selo blog cabeça, e a Janaína
( é um espaço de uma guerreira que nos dá
uma lição de perseverança e persistência é amiga não somente
do Dália mais também da Nanda Nascimento) com o blogueiro Solidário.


Agradeço pelo carinho com meu cantinho, flores pra vocês!!


Bem , eu teria que listar 20 blogs para repassar os prêmios,
como muitos já receberam eu
passo este mimo á todos que
aqui comenta e não recebeu o prêmio.




12 comentários:

Marco Ferreira disse...

Muitos parabéns.

Tu mereces.

marinheiroaguadoce a navegar

irneh disse...

Lindo o teu poema!
Voltarei mais vezes...

Beijinhos

Amaral disse...

Vim ver a Dália, por nascimento que sou também, e deparo-me com um poema, onde o Hoje parece ser o "meu"...
Que coincidência... e que bonita poesia...
E... parabéns pelos prémios!

Uma vencedora disse...

Amiga,

Bela poesia...

Adoro falar de sentimento e adoro ler sentimentos!!!

Obrigada pela parte de que fala que sou uma guerreira... Pois, só eu sei o quanto me custa ser forte e resistir...

Bjs

Janaína

Nelita disse...

:)
Gostei :)
Cheiro a paz:)
Bjitoooooooooo

Alma Nova disse...

Renovar, a cada dia!
Deixar morrer o que já se foi
e renascer na madrugada
como uma flor na Primavera.

Obrigado pela visita.
Um abraço.

Enterufter disse...

Gostei do poema.

Tava com saudade daqui.

Beijo grande Dália!

Biaaahhh disse...

"Quero rir de mim mesma"

Sempre faço isso...
Amei o poema...
E parabéns pelos prêmios...
Beijos;

Cackau Loureiro disse...

Não mudaria nada em seu poema...Está perfeito e a foto tbm!

Está cada dia melhor com as palavras, o orgulho dessa minha amiga gente!

Marco Ferreira disse...

Boa semana.

marinheiroaguadoce a navegar

Adriano Caroso disse...

Você merece! Te mandei o selo por pura admiração. Acho que fiz muito bem....

Karina disse...

Nanda,
parabéns pelos prêmios, merecidos com certeza. :D

Adorei o poema, desejar o q há de bom só pode nos trazer como recompensa o melhor q a vida pode oferecer.

Bjks