domingo, 17 de agosto de 2008

Quem é você?

Quem são os seus heróis?
Por qual ideal você luta? Você veste alguma camisa
sem ser a do seu time?
Por quem você morreria, e por quê?
Por onde andam seus pensamentos, qual é sua moda,
o que você está fazendo de sua vida,
o que te faz sorrir até naqueles dias que
seu coração está explodindo de dor?
Você alimenta seu espírito?
Qual cor sua vida é impressa?
O que vale a pena ver de novo?
Pra quem você dá ibope?
Porque você sofre tanto e ama pouco?
O que te dá retorno? Quem é você?

Uma semana especial á todos!

Beijos e flores!!

8 comentários:

De FDP todo mundo tem um pouco disse...

pra vc tb!!!!!!!

Tyr Quentalë disse...

respondendo às perguntas...
Meus heróis são aqueles que diariamente convivem comigo, que alegram meu dia e que buscam de forma incessante manter o sorriso em meus lábios. As lutas sempre são contínuas, pois meu ideal é manter o sorriso aos lábios daqueles que trago em meu coração. Camisas são vestidas, do mais diversos tipos.. sejam de times, as quais não uso. sejam de políticas, as quais passo apenas meus olhos. Sejam de religiões que me divertem ao me fazer rir, então gosto mais daquelas camisas que se moldam ao meu dia a dia e ao meu humor. Morreria por meus amigos e alguns de meus familiares, "apenas" pela amizade, apenas por amor. Morreria por eles, pois assim como tive uma parcela de alegria com estas pessoas em minha vida, acho que o mundo merece ter uma parcela desta alegria também com a presença deles. Meus pensamentos caminham, qual andarilhos em labirintos, quando não em mundos livres, esquecendo-se da moda ditadora de costumes, mesmo quando se faz necessário que eu mantenha o sorriso, o bom-humor em locais que a cantoria mais ouvida seria Boemia, mas não posso esquecer de meus sorrisos que surgem, com um simples bom dia, quando sorrindo dou bom dia até mesmo para um estranho. Também não posso esquecer-me de sorrisos que surgem, quando em dor, lágrimas e prantos, recebo abraços fortes, apertados, às vezes inesperados com sussurrares afirmando que não estou sozinha. Sinto dizer, que não sei como ando alimentando meu espírito, mas sei que a vida vem impressa em verde, azul, marrom, branco e preto, quando não mais em outras cores inesperadas. Deixo meus olhos distanciarem nas lembranças, pois mesmo que apenas em lembranças, sei que vale a pena ver isso tudo de novo. Daria Ibope, à você mesma, Nanda nascimento, pois sabes em sua forma serena de ser, alegrar o dia, trazer sorrisos e serenar a alma daqueles que precisam um pouco de serenidade. Daria Ibope há tantos outros mais, que ficaria ao menos um dia inteiro a dizer o porquê. Seria sofrer demais e amar pouco, ou poderia ser sofrer demais por amar muito? Por isso no momento não sei, o que me dá retorno, mas sei que a cada dia novo, aos poucos vou descobrindo o que me deu retorno e estive cega por um breve momento e por fim...
Sou uma barda... Um Anjo...
Um reflexo no espelho.

Abraços fortes e uma ótima semana.

Nanda Nascimento disse...

Não costumo comentar nos comentários, mais diante deste da Try, seria impossível.

Você é realmente uma pessoa linda, obrigada por compatilhar neste espaço um pouco da sua essência.

Ops: Obrigada pelo ibope,rsrsrsr!

Beijos e flores!!

Adriana disse...

Me definir anda meio dificil....mas tentarei responder para mim mesma estas perguntas.Boa semana!!

Tyr Quentalë disse...

Você merece o Ibope, Nanda!
Obrigada pelo carinho e por ter me inspirado a fazer um comentário que tornou-se um texto!

Ciça. disse...

Minha vida é amarela... =D


:**

Pelos caminhos da vida. disse...

Retribuindo visita!

Gostei do post...

Otima tarde.

beijooo.

Kátia disse...

Nem vou poder responder a tudo isso agora,mas lendo meu blog penso que já respondi.
Linda partilha.Beijo!