quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Aconteceu comigo...


Acabei de sair do blog da Ferdi, e lembrei de uma cena hilária
(depende do ponto de vista) que aconteceu comigo domingo
passado na formatura do Marcelo, aproveito para parabenizá-lo
pela formatura e pelo placa que recebeu por ser o 2º melhor
aluno da turma. De salto alto produzida para ocasião, esbanjando
sorrisos e abraços, parecia até que a formanda era eu (rs).
A alegria era muita e a distração também. Na saída da colação,
parada nos degraus, conversando com mamis, perdi o rebolado
e sai rolando escada abaixo (só de lembrar meu corpo dói),
tudo ajudou para a cena tomar proporções maiores.
O grito da minha mãe será inesquecível, para mim e para todos os
presentes, enquanto eu rolava, batia pernas , braços,
região trocantérica, coluna e o resto(são vários degraus, os
moradores de Bh não me deixarão mentir) ecoava na minha
mente o berro da Minha mãe. Fernandaaaaaaaaaaa! Pronto!
Estava eu estirada no fim da escada, querendo que o chão me
engolisse de tanta vergonha, com o corpo quente levantei,
dei aquele sorriso raso e sem graça, enquanto todos me olhavam
com cara de desespero, muitos se aproximaram para oferecer
ajuda e perguntar como eu estava. Sorri para todos dizendo que
estava bem. Bem este foi o assunto do resto da noite na casa
da minha tia. Dia seguinte com o corpo normal, senti os efeitos
do tombo, hematomas imensos no bumbum
(nada de biquíni por enquanto), dores por todos os lados (ainda dói).
E ainda sendo reconhecida por estranhos em outros eventos.

Se alguém passar por aqui e falar que viu o tombo eu tenho um treco.

Beijos e flores!

Foto retirada do google.

7 comentários:

Vilminha disse...

OI Nanda nem sei o que ´pe pior numa queda se é cair e ficar toda dolorida ou se é a vontade de que ninguém tenha visto e pra variar todo mundo vê porque alguém ainda por cima gritou. Imagino a cena. Espero que vc esteja melhor sem dores. beijos e um ótimo domingo

Filipe Garcia disse...

Oi Nanda,

que aperto, hein? rs. Não tem quem não leve uma queda e não passe por um constrangimento, por menor que seja.


Um beijo.
E foi um prazer!

Adriana disse...

Infelizmente meu lado maroto,ri muito de quem caiu,mas é eu que caio aiiii....

boa semana!

Lady from the city disse...

hahahah normal levar um tombo em público...quem nunca levou??
seguir em frente de cabeça erguida! normal demais...os micos da vida! =)
bjoooos

ferdi disse...

Hahahahahahaha...ai, amiga, desculpa mas hilário mesmo. Será que é mal das Fernandas ser desastradas desse tanto???
Aquele que contei no meu blog foi só um...já levei muitos outros tombos homéricos!
Beijos!!!

Nina disse...

putz! nao vou rir nao porque é sacanagem, que situacao hein Nanda? ai ai

Cackau Loureiro disse...

Jesus amado!